Cúrcuma: Descubra os Benefícios Além da Saúde Segundo a Astrologia Védica

cúrcuma-na-astrologia-védica

Introdução

Cúrcuma recentemente se tornou a queridinha pelas suas funções na culinária e na medicina alternativa. No entanto, a utilização da cúrcuma transcende a esfera culinária, revelando-se também presente nos rituais religiosos védicos. Na tradição do Sanātana Dharma, a antiga religião védica, a inclusão do açafrão como uma oferenda cerimonial é tida como extremamente auspiciosa. Seja em ocasiões matrimoniais ou em qualquer forma de devoção, o açafrão desempenha um papel essencial.

De acordo com as crenças religiosas e astrológicas, o açafrão possui uma conexão especial com Devguru Brihaspati, que corresponde ao planeta Júpiter. Dessa forma, a cúrcuma e usada para atrair felicidade e boa fortuna. Um Puja ou qualquer cerimônia é dada como incompleta sem a presença da cúrcuma. Se o seu mapa astrológico apresentar desequilíbrios relacionados a Júpiter, a incorporação do açafrão em sua rotina diária pode ajudar a restaurar o equilíbrio e eliminar potenciais problemas.

Se você ainda tem alguma dúvida sobre o seu mapa astral védico ou quer saber a situação de Júpiter no seu mapa, recomendo fazer uma consulta com um astrólogo experiente. Se isso não for possível, você pode conferir estes artigos para criar o seu mapa astral védico gratuitamente usando um software ou um aplicativo de astrologia.

O que é Cúrcuma?

O açafrão (Curcuma longa) é uma planta com flores pertencente à família do gengibre, Zingiberaceae. Originária do subcontinente indiano e do sudeste asiático, essa especiaria tem desfrutado de séculos de uso tanto na medicina tradicional quanto na gastronomia. O açafrão, com sua cor dourada vibrante, é uma das especiarias mais antigas e tem sido uma presença constante na culinária indiana ao longo dos séculos.

No ano de 1280 d.C., o famoso explorador Marco Polo a denominou como “açafrão indiano” devido ao seu uso na tintura de roupas naquela época. O açafrão encontrou seu caminho até a China por volta de 700 d.C., chegando à África Oriental cerca de 800 d.C. e à África Ocidental por volta de 1200 d.C., tornando-se uma presença apreciada em todo o mundo. Os chineses a utilizam com propósitos medicinais, especialmente para fortalecer o baço, o estômago e o fígado, além de empregá-la como estimulante e purificador, destacando suas propriedades antibióticas, antivirais e analgésicas.

No sistema tradicional de medicina indiana conhecido como Ayurveda, o açafrão é reconhecido por sua capacidade de fortalecer e aquecer o corpo como um todo. O composto ativo responsável pela cor dourada da cúrcuma e muitos de seus benefícios para a saúde é chamado de curcumina ou diferuloilmethane.

Cúrcuma na Medicina Alternativa

Embora o açafrão sempre tenha sido um elemento fundamental no sistema ayurvédico, seus benefícios não foram reconhecidos pelos herbalistas ocidentais até o final do século 20. No entanto, a partir da metade desse século, a cúrcuma começou a conquistar espaço no mundo ocidental. Hoje, inúmeras pesquisas e estudos estão em andamento para desvendar seus potenciais benefícios.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, 75% da população global recorre a ervas medicinais para cuidados básicos de saúde, refletindo uma tendência mundial em direção ao uso de terapias baseadas em plantas, e o açafrão desponta como uma das protagonistas nesse cenário.

O açafrão foi utilizado ao longo da história em diversas aplicações medicinais tradicionais, e pesquisas recentes têm revelado seu potencial como agente anti-hipertensivo, além de contribuir para a redução da hiperlipidemia e da resistência à insulina.

Desde tempos antigos, a inalação dos vapores provenientes da queima da cúrcuma tem sido empregada para aliviar a congestão. O suco de açafrão era um remédio para a cura de feridas, e a pasta de açafrão era aplicada em várias condições de pele, como varicela, catapora, manchas e herpes-zóster.

Cúrcuma no Ayurveda

A literatura Ayurveda traz em seu seio mais de uma centena de termos distintos para a cúrcuma, entre os quais destacam-se “jayanti”, que reverbera como “aquele que triunfa sobre doenças“, e “matrimanika”, que evoca uma beleza tão resplandecente quanto a luz da lua. Sempre reverenciada como um elemento auspicioso no subcontinente indiano, tanto nas culturas arianas quanto dravidianas, seu valor remonta às crenças dos antigos povos.

Ao norte da Índia, a cúrcuma atende pelo nome de “haldi”, derivado da rica palavra sânscrita “haridra”. Enquanto no sul, é carinhosamente chamada de “manjal”, um termo que ecoa com frequência na antiga literatura tâmil. A cúrcuma possui uma longa linhagem de uso medicinal no Sul da Ásia, com menções em tratados médicos em sânscrito e uma difusão notável nos sistemas Ayurveda e Unani. O compêndio Ayurveda de Susruta, datado de 250 a.C., recomenda uma pomada à base de cúrcuma como alívio para os efeitos de alimentos envenenados.

curcuma na astrologia vedica
Cúrcuma: Descubra os Benefícios Além da Saúde Segundo a Astrologia Védica 2

Cúrcuma como uma Solução Astrológica

A cúrcuma desempenha um papel verdadeiramente especial na tradição e na adoração indiana, não apenas devido à sua conexão com Júpiter, mas também por ser utilizada na veneração do Sol, conforme mencionado no Artharveda. Além disso, é empregada por indivíduos como parte de um processo de purificação. A presença da cúrcuma na Índia é documentada em diversas manifestações e foi também adotada pelos budistas, que a utilizavam para tingir suas vestimentas durante suas viagens pelo mundo. Mas quais são os remédios astrológicos mais comuns que envolvem o uso da cúrcuma?

  • Conforme a tradição, se houver algum problema astrológico ou dosha relacionado a Júpiter em seu horóscopo, é aconselhável o uso de açafrão durante seus pujas. Aplique o açafrão como Tilak, uma marca na testa. Acredita-se também que a aplicação de uma pequena quantidade de açafrão no pescoço e no pulso fortaleça a influência de Júpiter no horóscopo, auxiliando na superação das adversidades da vida.
  • Esta é uma das soluções astrológicas mais antigas e frequentemente indicadas para aqueles que desejam se casar, mas encontram dificuldades. Adicionar uma pequena quantidade de açafrão à água antes do banho matinal, proporcionando uma purificação tanto para o corpo quanto para a mente. Além disso, é um remédio simples e eficaz para quem enfrenta obstáculos em sua carreira.
  • Caso surjam desafios no casamento, recomenda-se realizar a adoração ao Senhor Ganesha todas as quintas-feiras. Durante esse Puja, ofereça açafrão ao Senhor Ganesha. Segundo a crença, essa prática promove a rápida alegria e traz felicidade e prosperidade para a vida conjugal.
  • Se houver constantes problemas em sua casa, ou se você sentir que alguma energia negativa reside na casa, pegue água limpa em um recipiente e adicione um pouco de açafrão e Gangajal. Em seguida, espalhe essa água por toda a casa. Acredita-se que isso afasta a má sorte e traz energia positiva.
  • Para evitar brigas conjugais, faça um yantra na forma de uma swastika com açafrão na parede principal da casa. Acredita-se que fazer isso traz prosperidade à vida conjugal e fortalece os laços de amor.

Picture of Pedro Cabral

Pedro Cabral

Graduação acadêmica em Comunicação e mais de 15 anos de dedicação à Astrologia Védica. Tudo teve início quando tive o privilégio de conhecer um ourives vaishnava, cuja inspiração me guiou. Ao longo do tempo, fui aluno de mestres indianos, lapidando com cuidado minhas habilidades. Sempre movido em enriquecer e contribuir ativamente para o florescimento da comunidade astrológica e dos amantes desta arte.

Contribua com a divulgação da Astrologia Védica!

Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não perca Tempo

Aprenda com os melhores. Se matricule em nossos cursos

Últimos Artigos

Não perca Tempo

Baixe a Apostila sobre os Primeiros Passos da Astrologia Védica inteiramente Grátis